Como Fazer o Seu Controle de Carteira de Investimentos

Entender como fazer o controle de carteira de investimentos é essencial para você que quer se tornar um investidor e garantir bons rendimentos em suas transações. Afinal, é importante estar organizado para conseguir visualizar melhor a situação financeira na qual você se encontra.

Se você ainda não sabe a melhor forma de se planejar, veja só estas dicas que a NovaDAX selecionou para te ajudar!

O que é um controle de carteira de investimentos?

O mercado financeiro é bastante amplo e está em constante mudança. Os ativos, muitas vezes, são tão voláteis que se torna difícil não apenas acompanhar, mas também entender a melhor forma de investir neles. Possuir um controle de carteira de investimentos é, então, uma forma de organizar todas as informações necessárias.

Dessa forma, você consegue diminuir os riscos relacionados às suas finanças e ter maior controle das aplicações, aumentando as chances de diversificar e aumentar os seus ganhos.

Além disso, essa é uma ótima maneira de potencializar suas habilidades de planejamento a longo prazo, já que estará familiarizado com o procedimento, o histórico do mercado, entre outras coisas.

Como adotar esse modelo de organização?

Quando se trata do controle de carteira de investimentos, não existe um modelo único para todas as pessoas. Veja só alguns aspectos que precisam ser levados em conta na hora de montar o seu planejamento:

Risco

O ativo que recebe suas aplicações é organizado da seguinte forma na carteira:

  • alto: em maioria, é formada por investimentos de renda variável;
  • médio: mescla de renda fixa e variável, para que haja uma balança na hora de arriscar;
  • baixo: para evitar imprevistos e variações que gerem desvalorização, a carteira possui apenas renda fixa.

Perfil

Se você não sabe qual o risco mais apropriado para você, vale a pena considerar alguns detalhes para enconcontrar o seu perfil de investidor. São eles:

  • conservador: por ser inseguro, tem receio de fazer grandes investimentos. Portanto, o ideal é apostar nos de baixo risco;
  • moderado: já um pouco familiarizado com o funcionamento do mercado financeiro, começa a se arriscar em ativos de médio risco;
  • agressivo: depois de um bom tempo estudando o mercado, ele já tem segurança o suficiente para aplicar em investimentos de alto risco.

Gostou de saber como fazer um controle de carteira de investimentos? Então não perca tempo e continue lendo mais conteúdos como este aqui no blog da NovaDAX

Compartilhar

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas