Arbitragem de Criptomoedas — Como Funciona?

Existem muitas formas de lucrar no mercado financeiro digital e uma delas é por meio da arbitragem de criptomoedas. Muito popular entre grandes investidores, esta prática ainda segue um pouco desconhecida para aqueles que recém chegaram a este universo.

Se quer entender o funcionamento dessa técnica, veja só este artigo que a NovaDAX preparou para você!

O que é arbitragem de criptomoedas e como fazê-la?

A arbitragem de criptomoedas nada mais é do que obter lucros por meio das diferenças de preços — chamadas de “spreads” — que distintas exchanges oferecem pela mesma moeda. Desta forma, o investidor faz um comparativo entre as empresas e identificam os momentos que demonstram que vale a pena fazer esse tipo de transação.

A vantagem dessa prática é que o retorno é instantâneo, uma vez que é uma ação de alguns minutos. Basta comprar a de menor valor e, em seguida, vender em um lugar onde a cotação esteja mais alta. Além disso, quanto maior o volume movimentado, maior a possibilidade de conseguir ótimos retornos financeiros.

Confira um passo a passo de como praticar esta técnica:

Escolha bem as exchanges

Para fazer a arbitragem de criptomoedas é importante que as empresas sejam escolhidas com cuidado. Isso porque existem alguns detalhes que podem influenciar diretamente no sucesso dessa transação. Portanto, é preciso que ambas as exchanges façam operações na mesma moeda, preferencialmente o real brasileiro.

Faça comparativos

Para garantir que você está fazendo o melhor negócio, é preciso comparar todas as cotações das exchanges mais confiáveis. A maneira mais fácil é utilizar o monitor da plataforma do CoinTrader, que mostra em tempo real os volumes, as porcentagens de spread e o valor de compra e venda.

Vale ressaltar que existe uma variação rápida, de modo que é preciso saber o momento correto de fazer o câmbio e evitar a perda de bons negócios.

Não se esqueça das taxas

O lucro proveniente arbitragem das moedas digitais só irá funcionar se você, realmente, pensar em todos os detalhes. Ao fazer os cálculos do spread entre duas diferentes exchanges, é preciso levar em consideração as taxas que cada uma cobra para fazer essa transação.

Afinal, não é vantajoso conseguir uma boa margem de lucros se tiver que pagar mais caro por isso, não é mesmo? Portanto, sempre que fizer os cálculos, considere a tarifa exigida para fazer a trade.

Gostou de saber como funciona a arbitragem de criptomoedas? Então não deixe de ler outros artigos aqui no blog da NovaDAX!

 

Share

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas