Tether (USDT) — Conheça Essa Stablecoin

Quem acompanha o universo das criptomoedas sabe muito bem que o Bitcoin não é a única possibilidade de investimento. Pelo contrário, sempre surgem novos projetos que podem se tornar grandes apostas para o setor financeiro digital. Este é o caso da Tether, que surgiu há quase cinco anos e já se tornou muito importante para os traders de todo o mundo.

Quer saber mais sobre o funcionamento dessa nova criptomoeda? Então confira as principais informações que  você precisa saber se quiser começar a investir!

Tether (USDT): a melhor opção para quem gosta de estabilidade

Certamente você já ouviu falar da alta histórica do Bitcoin e de como ele pode valorizar e desvalorizar de maneira rápida. A volatilidade é uma característica muito presente em muitas criptomoedas, uma vez que são muitas as variáveis que podem influenciar na flutuação do câmbio, de modo que é preciso avaliar o momento certo para fazer uma trade.

A Tether, porém, conta com inúmeros benefícios que tornam os investimentos mais seguros para aqueles que têm um perfil mais conservador e não gostam de se arriscarem financeiramente. Assim, é possível garantir bons retornos sem correr o risco de uma queda repentina nos valores das moedas.

Uma das suas maiores funções dentro do mercado financeiro, inclusive, é permitir que sejam feitos pagamentos on-line diretos, sem a necessidade de instituições. Essa transação é segura, uma vez que são usadas redes criptografadas. Isso também garante que esse tipo de movimentação seja totalmente transparente para todos os envolvidos.

Como funciona a tecnologia da Tether (USDT)?

Você provavelmente já se perguntou o que ela tem de tão diferente que garante essa estabilidade da moeda, trazendo maior segurança para os investidores, não é mesmo? Isso acontece porque ela está apoiada em um ativo lastreado e centralizado, que acompanha a sua evolução.

Conhecida como uma stable coin, a Tether foi desenvolvida em pareamento ao dólar dos Estados Unidos. Com algumas das mesmas funcionalidades do blockchain do Bitcoin, essa criptomoeda, então, sempre terá o valor equivalente à moeda norte americana, de modo que 1 USDT = 1 USD.

A sua aquisição é simples e pode ser feita da mesma forma que as demais moedas digitais: é preciso buscar uma exchange de confiança  que trabalhe com esse tipo de criptomoeda. Ao identificar alguma empresa que faça essa transação em seu país, basta adquiri-la.

Gostou de saber sobre a Tether (USDT)? Então não perca outros artigos aqui no blog da NovaDAX!

 

Share

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *