O Que É Insider Trading?

Para entender sobre o mercado financeiro e como funcionam as transações de compra e venda é preciso saber o que é insider trading. Esta é uma prática criminosa e pode trazer muitos problemas para os investidores que fazem negócios por meio dela.

Entretanto, quem não sabe que se trata de um crime pode acabar colocando o insider trading em prática e sofrendo as consequências. Portanto, veja o que é e corte da sua lista  essa prática!

Afinal, o que é insider trading e por que é um crime?

Para saber o que é insider trading, é preciso começar da origem da palavra.  O termo não foi adaptado para o português, mas em uma tradução livre significa “negociação com uso de informações privilegiadas”. Ou seja, o insider trading são transações financeiras feitas por meio da  troca de dados privados com pessoas que têm acesso a eles antes de se tornarem públicos.

As informações que podem ser vazadas e beneficiar os investidores são variadas. Algumas delas são prejuízos ou lucros que uma empresa tem, dados sobre cisão, fusão e incorporação de empresas, entre outras coisas.

Os chamados “insiders” são os que estão por dentro de tudo o que acontecem antes da divulgação. Aliás, existem duas categorias que se referem a esses informantes:

  • primários: a primeira fonte de informações, podendo ser funcionários, administradores, consultores, acionistas, assessores e advogados;
  • secundários: conseguiram os dados por meio de um insider primário. Pode não ser consciente, sendo que essa pessoa pode ter escutado uma conversa, obtido os detalhes e comentado com alguém sem nenhuma má intenção.

O vazamento de informações — conhecido no meio financeiro como “tipping” — é um crime porque, mesmo que as pessoas tenham acesso direto a dados importantes dentro do mercado, a divulgação é proibida. Portanto, os envolvidos no insider trading podem responder a processos.

Como é a punição para os insider traders?

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é responsável por fazer a investigação e, se comprovado que houve insider trading, os envolvidos poderão receber punições como advertência, multa e impedimento de assumir a administração de empresas.

O âmbito penal também pode fazer sua própria investigação por meio do Ministério Público Federal (MPF). Nesse caso, a multa pode ser ainda maior e o responsável pelo ato criminoso pode pegar de um a cinco anos de prisão.

Gostou de saber o que é insider trading? Então não deixe de ler outros artigos aqui no blog da NovaDAX!

 

Compartilhar

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas