Como Diversificar Investimentos com Criptomoedas

O mercado financeiro é bastante imprevisível e pode trazer muitas surpresas para aqueles que estão desavisados. Desta forma, diversificar investimentos é uma prática importante para evitar uma súbita desvalorização em tudo o que você tem aplicado.

Definir as prioridades e os ativos que receberão a sua atenção pode ser difícil, mas não impossível. As criptomoedas, por exemplo, podem se tornar um bom negócio para isso. Se quer saber mais sobre como não concentrar tudo em um mesmo lugar e garantir a segurança de seu patrimônio, dê uma olhada nas dicas que a NovaDAX preparou!

Por que diversificar investimentos?

Como dito anteriormente, a imprevisibilidade do mercado financeiro pode ser bastante prejudicial. A volatilidade de alguns ativos chega a ser bastante alta, de modo que, ao investir todo o seu dinheiro em apenas um deles, você está sujeito tanto a aumentar o seu patrimônio de maneira considerável, como perdê-lo por inteiro.

Assim, diversificar investimentos é a melhor alternativa para conseguir balancear as contas. Inclusive, o ideal é que essa diversificação seja feita em setores diferentes. Desta forma, se determinado nicho do mercado está sofrendo com a desvalorização, você se garante com os investimentos feitos, também, em outras áreas.

Criptomoedas: uma boa saída para a diversificação

Agora que já entendeu a importância de diversificar investimentos, certamente está à procura de algum novo setor financeiro para aplicar o seu dinheiro.

Cada vez mais as criptomoedas têm sido a principal alternativa para os investidores. Isso porque é possível começar aos poucos, sem arriscar grandes quantidades, e o processo de compra é bastante simples, podendo ser realizado sozinho, ou por meio de uma exchange especializada, ou com a compra direta.

As criptomoedas que podem ser bons negócios

Devido à fama, o Bitcoin segue sendo o queridinho na hora de investir em criptomoedas. Entretanto, você também consegue diversificar investimentos dentro do mercado das moedas digitais.

Existem muitas outras criptomoedas promissoras que podem levar os seus investimentos a outro nível. A Stellar, a Ethereum e a Ripple, por exemplo, têm um alto valor de capitalização mercado e estão logo atrás do Bitcoin no ranking de moedas digitais.

Porém, caso você tenha medo de cair de cabeça nesse mundo, é possível fazer aplicações mais seguras. As stablecoins — moedas estáveis, em português — são vinculadas a um ativo lastreado, de modo que as flutuações de câmbio são menos frequentes. Uma delas é a Tether (USDT), que já está disponível no Brasil.

Gostou de entender melhor como diversificar investimentos? Então não perca outros artigos aqui no blog da NovaDAX!

 

Share

1 Comments

  1. Pingback: Bitcoin ou Tesouro Direto — Qual É O Melhor Investimento? - NovaDAX's Blog

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *