Criptomoedas — Como Funcionam

Para quem ainda não está totalmente por dentro dos investimentos em moedas digitais, é normal que surjam inúmeras dúvidas  a respeito desse universo. Existem muitos questionamentos que rondam as criptomoedas: como funcionam, o que são, como comprar, entre muitas outras coisas.

Portanto, se você é novo no assunto e tem vontade de conhecer um pouco mais, não deixe de conferir algumas informações importantes para entender como funcionam as criptomoedas.

O que são as criptomoedas?

Antes mesmo de entender o seu funcionamento, é preciso saber o que são. Provavelmente você já ouviu falar de algumas delas — em especial o Bitcoin — e em como elas têm se tornado o alvo dos investidores em todas as partes do mundo.

Isso porque as criptomoedas são uma série de códigos virtuais que possuem valor monetário. Assim, é possível executar transações de compra e venda no mundo digital — desde que ambas as partes estejam de acordo. Ainda, podem ser utilizadas como investimentos.

Criptomoedas: como funcionam, afinal?

Você pode se perguntar como é possível que códigos digitais tenham valor monetário sem o risco de fraudes, mas há uma ótima explicação. As criptomoedas passam por um processo de mineração, que funciona com o mesmo conceito da obtenção de recursos naturais, como o ouro, a prata e o cobre.

Com esse processo, os programadores conseguem identificar cadeias de blocos — as blockchains — que podem ser colocadas no mercado. Entretanto, apenas depois de uma validação é possível que elas sejam vendidas. Com isso, há uma certificação de que não há nenhum tipo de golpe.

Depois que elas foram colocadas à venda, as criptomoedas entram num circuito financeiro. Embora elas não possuam bancos centrais, a sua cotação funciona, basicamente, da mesma forma que as moedas “reais”. Assim, existem flutuações de câmbio que ora podem estar favoráveis e ora desfavoráveis para investimentos.

As pessoas que desejam comprar criptomoedas devem fazê-lo por meio de exchanges especializadas nas transações de compra e venda. Depois de adquiridas, elas serão armazenadas em sua carteira virtual.

É importante ressaltar que, embora o Bitcoin tenha se tornado popular, há uma série de outras criptomoedas bastante promissoras no mercado, como a Ethereum, a Stellar e o Ripple. Inclusive, estima-se que já existam cerca de 2 mil diferentes moedas digitais em circulação.

Gostou de saber um pouco mais sobre como funcionam as criptomoedas? Então não deixe de conferir outros artigos no blog da NovaDAX!

Share

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *